*

Citação bibliográfica

 

Argel, M., 2002. Sabiá-do-campo (Mimus saturninus). In: www.marthaargel.com.br. Acessado em [data do seu acesso].

 

--- Lembre-se sempre de citar a fonte de informações obtidas na Internet --- 

--- Seja ético e respeite os autores ---

 

 

 

 

Sabiá-do-campo (Mimus saturninus)

Ordem Passeriformes

Família Mimidae

Outros nomes populares: galo-do-campo (SP, MG), tejo (PR)

Nome em castelhano: calandria (Argentina, Uruguai)

Nome em inglês: Chalk-browed Mockingbird

 

 

 

O sabiá-do-campo é comum em áreas rurais por todo o estado de São Paulo, onde é visto com freqüência pousado em lugares expostos, como mourões de cerca, postes e fios de luz, e galhos sem folhas. Também caminha pelo chão, em pastos e terrenos arados. Em São Paulo, vive em bandos, que podem ter até 13 integrantes, mas no sul do país seu comportamento é outro, e a ave vive em casais.

 

 

Alimentação: a maior parte da alimentação é formada por insetos (cupins, besouros, formigas) e frutos (silvestres ou cultivados), mas pode incluir também caracóis, minhocas, aranhas e flores (como a da laranjeira). Captura as presas animais principalmente enquanto caminha pelo chão, em meio ao capim; às vezes, em vôos partindo de poleiros altos e expostos.

 

Reprodução: costuma construir o ninho no interior de arbustos de folhagem bem densa, mas nas cidades prefere a copa de árvores. Usa gravetinhos e talos de capim, revestindo-o por dentro com raízes fininhas, folhas de pinheiro e talinhos mais finos. Põe 3 ou 4 ovos, que a fêmea incuba durante 13 dias. Durante as tarefas de construção e defesa do ninho, e alimentação dos filhotes, outras aves do bando auxiliam o casal, e são chamadas de ajudantes. O sabiá-do-campo é muito valente na defesa do ninho e dos filhotes, e costuma atacar não só aves de rapina, mas também cães e até pessoas!

 

Ambientes onde vive: vive em cerrados, campos naturais, restingas abertas e também em ambientes abertso criados pelo ser humano, como pastagens, plantações e pomares. Na cidade, ocorre em parques com grandes gramados, e às vezes aparece em bairros residenciais, principalmente onde as casas têm gramados e jardins.

 

Distribuição: Suriname, Brasil (exceto Amazônia), norte da Bolívia, Paraguai, Uruguai e Argentina,até a região central. Ocorre em todo o estado de São Paulo, exceto região florestada da Serra do Mar e a baixada litorânea.

 

Algumas cidades paulistas onde ocorre: Barra Bonita, Bocaina, Garça, Rio Claro, São Manuel, São Paulo.

 

Mais informações:

 

Ecoetologia do sabiá-do-campo, Mimus saturninus no estado de São Paulo

Métodos de captura de presas animais pelo sabiá-do-campo, Mimus saturninus

Mimus saturninus como dispersor de sementes no estado de São Paulo

O comportamento de lampejo de asas em Mimus saturninus

 

 

 

Martha Argel

junho de 2002

 

 

alto da página

 

Aves de São Paulo