*

Citação bibliográfica

 

Argel, M., 2001. Saíra-de-costas-pretas (Tangara peruviana). In: www.marthaargel.com.br. Acessado em [data do seu acesso].

 

--- Lembre-se sempre de citar a fonte de informações obtidas na Internet --- 

--- Seja ético e respeite os autores ---

 

 

 

 

Saíra-de-costas-pretas (Tangara peruviana)

Ordem Passeriformes

Família Emberizidae, subfamília Thraupinae

 

A saíra-de-costas-pretas é uma ave ameaçada de extinção que vive na mata atlântica e aparece de passagem na cidade. Por ser rara, de comportamento discreto e canto pouco chamativo, é difícil notar sua presença. Para detectá-la, é preciso estar sempre atento para as aves que freqüentam uma determinada área (um bairro, alguma área verde, etc.) Costuma ficar na copa de árvores, e pode estar junto com outras aves que comem frutos, como os sanhaços e as outras saíras.

Sua biologia é mal conhecida. Não há dados sobre reprodução e sabe-se que come frutos pequenos, como o da aroeira.

Também não se sabe muito sobre presença dessa ave na cidade de São Paulo. Ela foi observada duas vezes em um bairro (Planalto Paulista), em ambas um macho em eucaliptos, no inverno. Deve aparecer tanto em áreas verdes quanto em bairros bem arborizados, mas não se sabe se ela ocorre aqui durante todo o ano.

 

Mais informações:

 

Ocorrência da saíra-sapucaia (Tangara peruviana) no Estado do Espírito Santo

 

 

Martha Argel

2001

 

 

alto da página

 

Aves de São Paulo